08.19 - Rua Henrique Becker (Lei nº 1.230/90)

Início: Rodovia SC-350 | Término: Limite do Perímetro Urbano, com 163,0 metros de extensão

Rua Henrique Becker (Lei nº 1.230/90)

Henrique Germano Becker

1. Nascido em: 08/11/1890

Cidade:

Falecido em: 03/05/1978

2. Pai: Germano Becker

Mãe: Francisca

3. Casado com: Maria Helmann Becker

Profissão: Agricultora

4. Filhos:

4.1   Nicolau Henrique Becker

Agricultor

Casado com Adelina Junckaus Becker

4.2   Adolfo Henrique Becker

Agricultor

Casado com Verônica Locks Becker

4.3   Rudolfo Henrique Becker

Agricultor

Casado com Elza Willemann Becker

4.4   José Henrique Becker

Agricultor

Casado com Maria Sebold Becker

4.5   Mateus Henrique Becker

Agricultor

Casado com Plandina Weber Becker

4.6   Ema Becker

Agricultora

Casada com Vendolino Willemann

4.7   Rosalina Becker

Agricultora

Casada com João Stüp

4.8   Helena Becker

Agricultora

Casada com Aloísio Jasper

4.9   Alvina Becker

Agricultora

Casada com Seno Rafael Weber

5. Atividades Profissionais: Agricultor, participava nas atividades religiosas e escolares da comunidade do Cerro Negro, veio para esta localidade aproximadamente no ano de 1926 com seus filhos pequenos, veio a pé de Braço do Norte até o Cerro Negro. Segundo pesquisas Sr. Henrique veio da Alemanha juntamente com seus 2 irmãos, sendo que um deles teria nascido no navio. Passaram a residir em Braço do Norte onde mais tarde um dos irmãos foi morar para o norte (nunca mais se teve notícias) e o outro no Rio Grande, sendo que o Sr. Henrique estabeleceu-se em Cerro Negro.

6. Atividades Políticas: Não exerceu

7. Homenagens: Rua Henrique Becker em Cerro Negro

8. Justificativa: A rua passa por dentro do terreno que pertencia ao seu Henrique, aberta por ele mesmo e usada para fins particulares da agricultura e a mesma servia de passagem para as pessoas que vinham da Bela Vista para fazer seus negócios, compras, vir a Igreja e as crianças vinham para a escola por esta estrada. Doou o terreno para a construção da Escola Estadual Barra do Rio Novo e o terreno para a Igreja Evangélica. Após a mudança das missas do latim para o português ele pouco participou nas missas, pois não aceitava mudanças.

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 

 

Realizado por

SDR Ituporanga
Secretária Municipal de Educação Ituporanga

Apoio

Participantes

Colégio Galileu
Seminário São Francisco de Assis
EEB Aleixo Dellagiustina
EEF Mont’ Alverne
EEB  Roberto Moritz
EEB Vereador Paulo França

CEF Pedro Júlio Muller

EEF Prof. João Carlos Thiesen

EEB Presidente Tancredo Neves

CEF Bernardina Farias de Mattos

EEB Tancredo Neves

Sobre

Nossa cidade possui inúmeras ruas e muitas delas os homenageados são totalmente desconhecidos do público, alguns não se sabendo o certo o porquê da homenagem. Esse trabalho poderá ser aproveitado como atividade de história, geografia, Língua Portuguesa, entre outras disciplinas e ao mesmo tempo o seu resultado poderá ser de grande importância, para as escolas como também para o histórico do Município.

Logo CompletaWeb